Portugueses querem gastar até 25 euros por cada presente este Natal

Os portugueses querem gastar, no máximo, até 25 euros por presente este Natal? Esta é uma das conclusões do inquérito online desenvolvido pela Science4you, entre os meses de agosto e setembro, junto de 1.600 visitantes do site da empresa portuguesa de brinquedos educativos, com o objetivo de aferir as intenções de compra dos portugueses este Natal.

   

Com que antecedência são feitas as compras de Natal?

Os resultados do questionário desenvolvido pela Science4you mostram que os portugueses têm a intenção de realizar as compras de Natal com antecedência, mas provavelmente a aquisição de alguns presentes só se concretizará mais perto da data (27,8%). Mais de 1/5 dos inquiridos revela que pretende aproveitar datas como o Black Friday e outras campanhas temáticas para comprar os presentes deste Natal.

Qual o orçamento para os presentes deste Natal?

Mais de metade dos inquiridos (52,5%) afirma ter um orçamento definido para os presentes que vai adquirir. No que se refere ao número de pessoas abrangidas, as respostas dividem-se sobretudo entre cinco e nove pessoas (37,4%) e entre dez e 15 pessoas (30,4%).

Quando questionados sobre o valor médio expectável para cada presente, mais de metade dos inquiridos (55,3%) afirma que pretende gastar até 25 euros por pessoa. No entanto, no que se refere aos presentes para os mais novos, o valor aumenta para entre 50 e 100 euros por presente, de acordo com 25,9% dos respondentes.

 

O que se vai oferecer este Natal?

Brinquedos (30,4%), roupa/calçado (20,9%) e livros (19,3%). Estas são as três categorias que se destacam nas intenções de compra para este Natal, à frente de outras como electrónica e beleza.

Como vão ser feitas as compras este Natal?

Os resultados do inquérito feito pela Science4you mostram que o online começa a ganhar terreno na forma como são comprados os presentes de Natal, com mais de metade dos inquiridos a revelar a intenção de comprar presentes de forma combinada, em lojas físicas e online (60,1%).

Mais de 38% dos inquiridos concorda que a opinião de amigos e familiares é relevante no processo de decisão de compra, assim como a informação disponibilizada nos sites das marcas (37,6%). Apenas 25% dos inquiridos concorda que os anúncios em televisão influenciam o processo de decisão.

Veja aqui os resultados completos do inquérito desenvolvido pela Science4you.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *