Tag Archives: miguel pina martins

Science4you: A marca que encontrou o equilíbrio entre a educação e a diversão

Fonte: StartUP Magazine / Jornal Económico

Miguel Pina Martins é o ‘CEO’ da startup Science4you. Formado em Finanças e mestre em Gestão, trabalhou quatro meses na banca de investimento antes de se dedicar a tempo inteiro à empresa de brinquedos científicos e didáticos.

Sediada em Loures, espaço inaugurado, o ano passado, pelo ex-Presidente da República, Cavaco Silva, a Science4you é uma marca nacional nascida há seis anos, que desenvolve, produz e comercializa brinquedos científicos. Atualmente, assegura emprego a 400 colaboradores na fábrica, 70 no escritório e 150 em Madrid.

Science4You prepara nova fábrica para 2017

Fonte: Dinheiro Vivo

Coreia do Sul, Japão e México serão os novos mercados da empresa de brinquedos educativos no próximo ano

À beira de celebrar 10 anos, a Science4You prepara-se para ampliar as atuais instalações, no MARL, nos arredores de Lisboa. A empresa de brinquedos educativos necessita de mais espaço para acomodar a entrada em novos países e o primeiro ano de presença nos Estados Unidos, anuncia o CEO, Miguel Pina Martins, em entrevista ao Dinheiro Vivo.

Science4you alcança 50% das vendas no estrangeiro

Fonte: Público

Empresa de brinquedos prepara entrada nos Estados Unidos em 2017. Lojas em Portugal e Espanha aumentam no período de Natal.

Pela primeira vez desde que foi fundada, a Science4you vai conseguir obter metade das vendas fora de Portugal. A empresa de brinquedos científicos fundada por Miguel Pina Martins em 2006 vai chegar ao final deste ano com os mercados internacionais a pesar 50% na facturação e prepara, em 2017, a entrada nos Estados Unidos.

“Não há melhor pitch do que o dos números!” – Miguel Pina Martins

Fonte: Sapo 24

Como te chamas e o que fazias antes de seres empreendedor?
Miguel Pina Martins e antes de fundar a Science4you tive uma breve passagem de 4 meses pela banca de investimento, depois de ter terminado o curso.

Como é que a tua startup vai mudar o mundo?
Gosto de acreditar que já o estamos a mudar. Ao levarmos os brinquedos educativos para a casa de milhares de crianças em todo o mundo conseguimos espalhar conhecimento ao aliarmos a brincadeira à aprendizagem.