Porque é que o bocejo é contagiante?

Chegamos ao fim da semana cansados e com algumas horas de sono a menos. Quando damos por nós estamos a bocejar num jantar de amigos, no cinema ou mesmo no sofá a assistir a um programa na televisão.

Sabias que existem 3 teorias possíveis para explicar o porquê de bocejarmos? Queres saber quais são? Descobre mais à frente!

Um bocejo…

Cientista, gostamos sempre de tentar ter controlo sobre as ações do nosso corpo, mas como o bocejo é uma ação involuntária significa que jamais iremos conseguir fazê-lo. Segundo os especialistas, é um mecanismo utilizado para oxigenar e resfriar o nosso cérebro para que fiquemos mais atentos e, ao mesmo tempo, nos faz despertar.

Dica: A melhor forma de lutar contra o sono é, portanto, o bocejo!

 

Mas é mesmo verdade que o bocejo é contagioso?

 

 

 

 

 

 

 

 

Parece que sim, não é verdade?!

Existem no mínimo 3 teorias que tentam explicar este fenómeno: a física, a da evolução e a do tédio.

  • Física: os especialistas definem o bocejo como um processo criado pelo próprio organismo com o objetivo de facilitar as trocas gasosas, ou seja, conseguir obter uma maior quantidade de oxigénio e expelir o dióxido de carbono (CO2) em excesso.

 

  • Evolução: esta teoria é baseada no nossos antepassados uma vez que era tradição bocejar para exibir os seus dentes.

 

  • Tédio: baseada numa lógica em que o bocejo está associado a momentos de fadiga, sonolência e tédio.

 

O neurónio-espelho é a célula maioritariamente responsável por este mecanismo, pois a sua principal funcionalidade é “registar” o nosso comportamento consoante as diversas situações do dia-a-dia. Desta forma, sempre que alguém boceja, os neurónios “gravam” o comportamento e acabam por desencadear um auto-reflexo, algo que é impossível de controlar.

 

A empatia e a afinidade importam?

Se alguém com quem não simpatizas bocejar, será que vais sentir propensão a fazer o mesmo? Teoricamente tudo indica que sim, no entanto, na vida real irás tentar fazer de tudo para evitar ao máximo o bocejo como forma de mostrar a falta de empatia ou afinidade que temos com a pessoa. O mesmo já não acontece com as pessoas com quem tens afinidade ou alguma empatia. Por isso mesmo, podemos concluir que tanto a empatia como a afinidade têm influência sobre o teu bocejo!

 

Curiosidades:

  • O Bocejo costuma durar cerca de 6 segundos;
  • Um bocejo pode aumentar os batimentos cardíacos até 30%;
  • Cerca de 55% das pessoas acabam por bocejar depois de terem visto alguém ou um animal a fazê-lo;
  • Atletas olímpicos normalmente bocejam antes de qualquer competição.

Science4you

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *