Dia Mundial do Beijo – Como se cumprimenta pelo Mundo?

Dia Mundial do Beijo

Hoje é o dia do beijo!

Beijar alguém tornou-se numa prática muito comum ao longo dos anos e que serve como forma de cumprimento ou como sinal de afecto, amizade, amor e desejo. A forma como beijamos varia, portanto, consoante o que queremos expressar.

Beijo”, “beijinho”, “beijoca”… Existem diversos tipos de beijos com diferentes significados! Desde os beijinhos que usamos numa despedida habitual (oral ou escrita); o beijinho dos esquimós (que consiste em esfregar os narizes um no outro, simultaneamente, da esquerda para a direita ou ao contrário), ou ainda os famosos beijos apaixonados que vemos nos filmes!

 

Mas porque será que as pessoas se beijam? Haverá uma explicação científica?

Os cientistas afirmam que o acto de beijar é algo muito mais complexo do que se possa imaginar! Surge assim, a ciência que estuda o beijo: Filematologia.

Segundo estudos e investigações, o beijo pode ter surgido de beijar-alimentação, que consiste numa troca de alimentos boca a boca – uma prática da pré-história! As mães alimentavam os seus filhos, mastigando os alimentos primeiramente, de forma a facilitar aos pequenos, a digestão dos alimentos e a absorção de nutrientes. Nos dias de hoje, as aves são seres que mantêm a prática com este propósito, depositando a comida no bico das suas crias, com o próprio bico.

Em algumas tribos, esta prática é ainda utilizada!

 

Como se cumprimentam as pessoas pelo mundo…

Como já referimos, o beijo serve como forma de cumprimento. Será que em todos os países se cumprimenta com um beijinho em cada face, como em Portugal? Vamos ver alguns exemplos!

 

EUROPEUS

Na Europa, o costume é dar beijos na face, para além do aperto de mão que é também um dos mais comuns e antigo. Mas os beijos variam de acordo com o país. Na Alemanha, o costume é dar um beijo no lado esquerdo do rosto. Já os holandeses parecem ser mais beijoqueiros e cumprimentam os amigos com três beijos. O mesmo acontece em França.

 

CHINA

O costume era cumprimentarem-se apertando as próprias mãos. Pode parecer estranho, mas naquela altura as febres e as epidemias eram frequentes e esta era a forma de evitar o contágio.

 

NOVA GUINÉ

Quando uma pessoa se ia embora, os nativos da Nova Guiné choravam e cobriam-se de lama.

 

POLINÉSIA

Em Tuvalu, na Polinésia, o cumprimento consiste em encostar uma bochecha na outra e, em seguida, cheirar profundamente o pescoço.

 

FILIPINAS

Os mais novos devem mostrar o seu respeito cumprimentando os mais velhos segurando a mão direita e fazendo uma pequena vénia.

 

ÍNDIA

A palavra “Namaste” serve para dizer olá e adeus. É muito usada pelos hindus e habitantes de outros países asiáticos. Juntamente com a palavra, faz-se uma vénia com a cabeça, cuja inclinação varia consoante a importância da pessoa na sociedade.

 

EUA

Nos Estados Unidos, as pessoas são bastante reservadas. Por isso, utilizam o aperto de mão acompanhado de um belo sorriso para se cumprimentarem! Só mesmo entre amigos mais íntimos existe o costume de cumprimentar com um beijo no rosto.

 

Agora que já aprendeste tudo sobre a ciência dos beijos com a Science4You e como se cumprimentam as pessoas por todo o globo, faz a tua mala, viaja e cumprimenta o mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *