A dança e os seus benefícios. Dançar e dançar!

Porque é que dançar é o melhor que podes fazer pelo teu corpo?

 

A dança traz muitos benefícios para a nossa saúde física e mental, mas quais são eles, sabes Cientista? Estamos cá para te explicar!
 

A dança é um desporto indicado para todas as pessoas, não importa a idade, o tamanho ou destreza física. Este desporto ajuda as pessoas a fazerem exercício físico de uma forma divertida e descontraída.

Os benefícios que a dança traz para a saúde são muitos sendo os mais importantes os seguintes:

 

  • Fortalece o sistema muscular e aumenta a flexibilidade

 

A dança, dependendo do tipo, ajuda a fortalecer diversos tipos de músculos do teu corpo. O ballet, por exemplo, ajuda a exercer os glúteos, pois esta dança exige que se façam diversos saltos terminando-os com as pernas flectidas (demi plié).

A maioria das aulas de dança começam por um aquecimento que inclui exercícios de alongamento, o que ajuda a melhorar a flexibilidade, algo muito importante para melhorar a qualidade de vida de uma pessoa. Para além disso a maior parte dos estilos de dança têm movimentos longos e que exigem que o bailarino tenha flexibilidade.

 

  • Diminui a probabilidade de desenvolver a osteoporose

 

A dança, juntamente com a musculação e a caminhada, é um dos melhores exercícios para combater a osteoporose, pois exercita diretamente os ossos das pernas, quadril e coluna, o que ajuda a diminuir a perda de massa óssea e a melhorar a postura.

 

  • Beneficia a saúde do coração

 

Diversos ritmos de dança ajudam a aumentar a frequência cardíaca, que por sua vez estimula a circulação do sangue, melhora a respiração e diminui o nível do colesterol.

 

 

A dança ajuda a emagrecer de uma forma divertida, permitindo queimar desde 500 a mil calorias em uma hora. Como é um desporto essencialmente aeróbico, quando se dança uma coreografia dá-se centenas de passos, gastando assim muita energia e calorias.

 

  • Ajuda a manter um cérebro saudável

 

A dança ajuda a melhorar a memória e a prevenir a demência, pois exige que se memorize coreografias, exercitando assim o cérebro.

Segundo um estudo publicado no New England Journal of Medicine este desporto permite reverter a perda de volume no hipocampo, parte do cérebro que controla a memória e que tem tendência a diminuir com a idade, provocando assim problemas de memória e até mesmo demência.

 

  • Aumenta a auto estima, a confiança e ajuda a socializar

 

Todas as actividades físicas ajudam a melhorar o humor e a auto estima, pois durante a sua prática o nosso corpo liberta endorfina dando uma sensação de bem-estar. A dança ainda permite que as pessoas se expressem e que estejam em contacto com o seu corpo e alma.

Como este desporto, normalmente é praticado em pares ou em grupo, contribui para o convívio entre pessoas, combatendo assim o isolamento.

 

Sabias que o Tango traz benefícios para os pacientes com Parkinson?

A Universidade de Washington, nos Estados Unidos da América, em 2007 fez um estudo sobre os benefícios que o Tango traz para os pacientes com Parkinson. No início, estes mostravam tremores, rigidez e dificuldade em movimentarem-se. Ao fim de 20 aulas, pode-se observar, que a rigidez diminuiu, o equilíbrio e a implementação dos movimentos, como levantar e caminhar, melhorou.

 

Esperamos que aprendido connosco Cientista! Se quiseres saber mais sobre factos interessantes sobre ciência e as nossas novidades, fica atento ao nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *